Volta às aulas: confira dicas do que enviar na lancheira

0
100

Com algumas escolas retornando às aulas presenciais depois de quase um ano, volta também a tarefa de pensar e programar o que enviar na lancheira das crianças. Essa tarefa está longe de ser das mais fáceis, afinal, compor lanches práticos e atrativos – mas ainda assim nutritivos – exige muita criatividade, tempo e principalmente disposição, algo cada vez mais raro na rotina corrida de pais e cuidadores.

Além disso, em tempos de pandemia, os cuidados de higiene devem ser redobrados! Afinal, como sabemos, nem sempre os pequenos se atentam às recomendações de saúde. Dessa forma, cabe a nós higienizar e embalar muito bem os alimentos, assim como enviar garrafinha de água e talheres próprios, para que eles não precisem “emprestar” de  outras crianças.

Dessa forma, para que não haja atrasos nem desespero na hora de sair de casa, a palavra-chave é organização! Veja como é simples: vamos por passos;

Primeiro Passo:

Analise as necessidades individuais de seu filho. Para ajudar, responda às seguintes perguntas:

  1. Seu filho(a) estuda em período parcial ou integral?
  2. Quantos lanches faz na escola?
  3. Pratica atividades físicas intensas?
  4. Come antes de sair de casa?

Analise todas as informações para que você consiga visualizar quantos lanches deverá providenciar por semana.

Segundo passo:

Monte um cardápio semanal para que não haja atrasos nem desespero na hora de sair de casa.

Para ajudar, separamos o que não deve faltar- em relação aos aspectos nutricionais- na lancheira do seu filho:

  • Um líquido nutritivo ou água: é fundamental para repor as perdas hídricas naturais das atividades físicas. Sucos naturais ou integrais, chás e água de coco são ótimas opções, que podem ser engarrafadas ou em embalagem de caixinha. Dê preferência a itens sem açúcar.
  • Uma fruta ou vegetal: prefira as frutas que podem ser consumidas com casca (como maçã, pera, uva ou morango) ou fáceis de descascar (como banana), tomate-cereja, mini cenouras também são boas opções de vegetais. Dica: frutas da época e da sua região costumam ser mais frescas e baratas. O ideal é enviá-las inteiras devidamente higienizadas e embaladas, mas para as crianças menores ou seletivas, é possível picá-las previamente.
  • Um tipo de carboidrato: esses alimentos são essenciais para fornecer energia, algo vital no dia a dia das crianças. Aqui você pode incluir os pães, tapioca, bolachas sem recheio, bolos caseiros, dando sempre preferência aos integrais, mais ricos em nutrientes. Mas tenha cuidado com a quantidade para não se tornar a parte principal do lanche.
  • Um tipo de proteína: uma dieta rica em proteínas é essencial para o crescimento e desenvolvimento dos pequenos. Por isso, considere enviar alimentos lácteos como queijo, ricota e iogurte – sempre lembrando de usar um recipiente térmico adequado para manter a temperatura adequada. Patê de frango ou atum, ovos de codorna, pasta de amendoim sem açúcar também são boas opções para recheios.

Ah, e não se esqueça que, dentro da montagem do calendário semanal, é preciso não apenas pensar nos alimentos, mas também se programar para fazer as compras, preparações, higienização e organização final na lancheira.

Mas… calma! Nem sempre vai dar tempo de preparar tudo e imprevistos podem acontecer. Dessa forma, ter em casa alguns itens industrializados pode funcionar, nesses dias atribulados.

Atualmente, já temos no mercado produtos mais saudáveis. Leia o rótulo e se atente às informações nutricionais e lista de ingredientes para escolher opções com menos açúcar, sódio e conservantes, além de conterem vitaminas e minerais.

Por outro lado, é importante que esse tipo de situação não seja uma regra! Por isso, uma dica é buscar sempre receitas práticas e convidar os pequenos para te ajudar na cozinha. Confira a seguir 4 ideias bacanas e saudáveis:

Waffle ou panqueca de banana com aveia

Foto: @juwatanabe

1 ovo

1 banana bem madura

3 colheres (sopa) de farinha de aveia

1 colher (café) de fermento para bolo

Canela a gosto

Modo de preparo: Amasse a banana e misture todos os ingredientes em um bowl. Se preferir uma massa mais homogênea, pode bater no mixer ou liquidificador. Coloque um pouco da massa na máquina de waffle e espere assar (o tempo pode variar de acordo com cada máquina). Caso queira fazer panqueca, aqueça uma frigideira antiaderente e coloque um pouco da massa. Espere dourar de um lado e vire. Aguarde mais um pouco até dourar desse lado também.

Forminha de cenoura com cottage

Foto: @juwatanabe

1 ovo

2 claras

1 xícara (chá) de queijo cottage

2 cenouras médias cozidas

1 colher (sopa) de amido de milho

1 colher (chá) de sal

2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Modo de preparo: Bata o ovo e as claras na batedeira até ficar uma mistura cremosa. Reserve. Liquidifique o queijo e a cenoura. Retire e adicione os ovos batidos, amido e sal. Misture bem e distribua a massa em seis forminhas para pudim untadas. Polvilhe o parmesão. Asse em forno médio (180ºC), preaquecido, por 30 minutos.

Pão de “queijo” com batata-doce

Foto: @juwatanabe

2 xícaras (chá) de batata-doce (cerca de 300g)

2 xícaras (chá) de polvilho azedo (aproximadamente 300g)

½ xícara (chá) de azeite de oliva

¼ de xícara (chá) de água

1 colher (sopa) de orégano

2 colheres (sopa) de levedura nutricional ou nutritional yeast (opcional)

Sal a gosto

Modo de preparo: Antes de tudo, cozinhe a batata-doce picada até ficar macia (ao espetar um garfo, ele deve atravessar com facilidade). Escorra bem e em seguida amasse-a ainda quente com um garfo, até obter um purê uniforme. Reserve. Preaqueça o forno a 200ºC. Em uma vasilha, coloque o polvilho azedo, o azeite de oliva, a água, o orégano, o nutritional yeast e o purê. Misture bem ou, se preferir, amasse com as mãos. Tempere com sal a gosto. Se necessário, acrescente um pouco mais de água até atingir a consistência ideal. Modele bolinhas de tamanho médio e coloque em uma assadeira antiaderente. Leve para assar por cerca de 35 minutos ou até os pãezinhos ficarem completamente assados e dourados. Caso utilize a fritadeira sem óleo, asse a 200°C por 15 minutos.

Frutas divertidas

Outras opções: cenoura baby, ovo de codorna e tomatinho

Artigo feito em parceria com o Portal Dra. Ana Escobar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome