Triptofano e obesidade: novas evidências

0
337

No nosso último artigo do “papo de nerd”, discutimos a importância de alguns alimentos que são indicados a serem consumidos durante a quarentena. E, entre eles, os alimentos fontes de triptofano.

Hoje, vamos falar um pouquinho mais da relação do triptofano com a saúde e o desenvolvimento de doenças, mais especificamente, a obesidade. Para isso, vamos discutir um artigo recém publicado pela revista Front. Immunol., (Abril de 2020).

A obesidade é uma condição com uma fisiopatologia complexa caracterizada por inflamação crônica de baixo grau e alterações no ecossistema microbiano intestinal. Essas alterações podem afetar o metabolismo do triptofano (TRP), um aminoácido essencial e precursor da serotonina, quinurenina (KYN) e indóis.

No referido estudo, os pesquisadores avaliaram as alterações nas rotas indol mediadas por quinurenina e a microbiota do metabolismo do triptofano em indivíduos obesos e não obesos e determinar sua relação com a inflamação sistêmica.

Os resultados indicaram que as rotas indol do metabolismo do triptofano mediadas por quinurenina e pela microbiota foram alteradas em indivíduos obesos, conforme refletido na maior proporção quinurenina / triptofano relativamente aos controles não obesos. Marcadores inflamatórios, como proteína C reativa de alta sensibilidade e interleucina 6 de alta sensibilidade aumentaram na obesidade e foram associados a alterações nas vias metabólicas do TRP.

Segundo os autores, esses resultados indicam pela primeira vez que as vias metabólicas do triptofano e quinurenina são alteradas concomitantemente em indivíduos obesos e destacam suas respectivas associações com a inflamação sistêmica relacionada à obesidade.

Ainda, esses achados apontam o metabolismo do triptofano como um componente importante da obesidade. Embora a relevância desse mecanismo para a fisiopatologia e tratamento da obesidade e suas comorbidades ainda não tenha sido elucidada, esses resultados certamente abrem novos caminhos para pesquisas futuras.

 

 

Referências bibliográficas:

Cussotto S, Delgado I, Anesi A, Dexpert S, Aubert A, Beau C, Forestier D, Ledaguenel P, Magne E, Mattivi F and Capuron L (2020) Tryptophan Metabolic Pathways Are Altered in Obesity and Are Associated With Systemic Inflammation. Front. Immunol. 11:557. doi: 10.3389/fimmu.2020.00557

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome