Suplementos Nutricionais entre jogadores de Squash

O estudo aponta diferenças importantes em relação ao consumo de suplementos nutricionais entre atletas de nível internacional e nacional, bem como, reforçam a importância da orientação nutricional na prescrição orientada de suplementos.

0
172

O tema de suplementação nutricional é bastante abrangente e deve ser sempre analisado a partir das particularidades que o permeiam, na nutrição. Portanto, trazer temas relacionados para discutirmos a luz das evidências científicas é uma das nossas missões.

Recentemente, na revista Nutrients foi publicado um artigo conduzido por pesquisadores espanhóis, que avaliou a suplementação nutricional em praticantes de Squash. O objetivo do estudo consistiu em analisar o consumo de suplementos nutricionais (SN) por jogadores de squash de diferentes níveis (internacional vs. nacional). No total, 14 jogadores internacionais e 28 nacionais responderam a um questionário de frequência de consumo de SN previamente validado.

Com relação ao questionário, o mesmo registrou os SN consumidos em geral e aqueles ingeridos na época esportiva atual, incluindo questões sobre o que eles consumiram, quando os consumiram (antes, durante e após o treinamento, e/ou/competição?), e o tempo de consumo (treinamento, competição ou ambos). Além disso, foram coletadas informações sobre possíveis melhorias observadas, e os sujeitos foram solicitados a especificar quais SN produziu efeitos ergogênicos e quais não tiveram.

Os resultados apontaram que jogadores de nível internacional consomem SN em maior proporção vs. jogadores de nível nacional (100% vs. 67,9% p = 0,017), com diferenças no consumo de bicarbonato de sódio, glutamina, aminoácidos de cadeia ramificada e óleo de linhaça (p <0,05).

No que diz respeito ao aconselhamento nutricional, também existem diferenças entre os níveis de desempenho (p= 0,003), sendo personal trainers (28,6%) e nutricionistas (21,4%) os maiores prescritores quando se trata de jogadores de nível internacional, enquanto 55,6% os jogadores de nível nacional não recebem conselhos nutricionais. O padrão de consumo de SN, com base no nível de evidência, é desequilibrado e seu desempenho pode ser favorecido se o nutricionista for incluído como orientador nutricional para esses atletas.

Em relação à alimentação esportiva, verificou-se que os mais consumidos foram barras energéticas e bebidas isotônicas, que foram consumidas por mais de 70% dos jogadores de nível internacional e pela metade dos jogadores de nível nacional, seguidos por whey protein, que é consumido por 43% dos jogadores de nível internacional e por menos de 30% dos nacionais.

Em conclusão, os autores atentam para o baixo consumo de SN com potencial efeito ergogênico, tais como creatina, bicarbonato de sódio, cafeína, β-alanina e suco de nitrato/beterraba, que têm efeitos comprovados no desempenho esportivo, fazendo com que o padrão de consumo de SN seja desequilibrado. Nesse sentido, chamam atenção para o fato de que o aconselhamento de nutricionistas torna o padrão de consumo dos atletas mais compatível com os requisitos específicos de cada categoria esportiva, e o fato de incluir nutricionistas no aconselhamento nutricional para jogadores de squash pode ter um impacto na melhoria do desempenho.

Portanto, para além da análise do consumo da ingestão de suplementos nutricionais, o artigo chama a atenção para a importância do papel do nutricionista na orientação e prescrição nutricional de SN, visando o melhor desempenho do atleta com níveis adequados e seguros para a saúde do mesmo. O estudo, portanto, reconhece e reforça a importância da área de atuação do nutricionista no esporte.

Recomendações grupo A*

*Suportadas para uso em situações específicas no esporte com protocolos baseados e evidências

 

Referências bibliográficas:

 

Australian Institute of Sport (AIS). ABCD Classification System. Disponível online: https://www.ausport.gov.au/ais/sports_nutrition/supplements/classification

Comes, A. V.; Sánchez-Oliver, A. J.; Martínez-Sanz, J. M.; Domínguez, R. Analysis of Nutritional Supplements Consumption by Squash Players. Nutrients 2018, 10, 1341.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome