Culinária e estilo de vida: um caminho a ser praticado!

O incentivo a prática culinária e um dos pilares da medicina de estilo de vida, como foco na promoção de saúde e prevenção e tratamento de doenças.

0
45

A arte da culinária é amplamente relatada na literatura desde os tempos primitivos. Embora executada ainda de forma bastante simples, sempre foi a base da sustentação alimentar até o final do século passado, com o advento dos produtos industrializados e, sobretudo, neste século, com o aumento dos produtos pré-preparados para consumo.

Mas, seguindo um dos preceitos da medicina do estilo de vida, a prática da culinária e o fato de cozinhar o próprio alimento, deve ser sempre que possível, praticado por nós!

Isso porque, a literatura já discute que existe uma relação benéfica para a saúde com a preparação de alimentos e escolhas mais saudáveis. Sendo assim, assiste-se no cenário mundial (e também brasileiro) o surgimento de programas de medicina culinária dirigidos tanto a pacientes quanto a profissionais da saúde, principalmente os médicos, que oferecem alguma forma de educação culinária, que enfatizam entre outros temas, habilidades como compras, armazenamento de alimentos e preparação de refeições. No Brasil, uma importante iniciativa é dos “Médicos na cozinha”.

Além da prevenção e promoção da saúde, o encorajamento à prática culinária também tem como objetivo, orientar os pacientes que já apresentam alguma doença. Em um artigo publicado por Polak e colaboradores, os pesquisadores enfatizam a importância de programas de educação culinária como uma nova estratégia para melhorar a adesão à nutrição saudável, diminuindo assim o risco de diabetes. Isso porque, o processo de educação com bases em práticas culinárias, têm um impacto positivo a curto e longo prazo, na ingestão nutricional de crianças e adultos e na prevenção do diabetes.

Dessa forma, para os indivíduos que já apresentam alguma doença, o conhecimento nutricional e de técnicas culinárias contribuem para mudanças sustentáveis nos comportamentos da alimentação que afetam o curso de sua doença.

E como é na prática?

A partir da orientação de profissionais capacitados e com conhecimento científico, estes, podem orientar os indivíduos a como fazerem diferentes preparações. Por exemplo: para indivíduos que não apresentam nenhuma doença, as orientações podem ser no sentido de ensinar aqueles que não tem afinidade com as práticas culinárias, técnicas de preparo de refeições, tipos de cortes de legumes, formas diferentes de preparo e que garantem uma melhor preservação dos nutrientes.

Segundo os pressupostos da medicina do estilo de vida, é fundamental incentivar e envolver o paciente/indivíduo a ter uma participação ativa no processo de mudança de estilo de vida. Por isso, enquanto profissionais da saúde, é importante:

  • Encorajar e incentivar o paciente/indivíduo a mudanças;
  • Ser o exemplo, no sentido de também fazer mudanças no nosso próprio estilo de vida;
  • Educar, orientar e apoiar mudanças positivas de comportamento;
  • Trata os aspectos subjacentes relacionados com o estilo de vida causadores de doenças;
  • Considerar o ambiente dos indivíduos, como por exemplo, incentivando a prática culinária a partir da diversidade regional de alimentos.

E porque não começar a praticar?!

Comece estabelecendo uma meta e coloque em prática! Pode ser preparar seu café da manhã, ou um jantar no final de semana, pode convidar amigos para tornar uma atividade ainda mais divertida! Vamos juntos nessa mudança!

 

 

Referências bibliográficas:

 

Polak, R.; et al. Health-related Culinary Education: A Summary of Representative Emerging Programs for Health Professionals and Patients. GLOBAL ADVANCES IN HEALTH AND MEDICINE. Volume 5, Number 1, January, 2016.

Polak, R., Tirosh, A., Livingston, B. et al. Curr Diab Rep (2018) 18: 99. https://doi.org/10.1007/s11892-018-1061-x

LeBlanc-Morales, N. Culinary Medicine Patient Education for Therapeutic Lifestyle Changes. Crit Care Nurs Clin N Am – (2018).

American College of Lifestyle Medicine (ACLM.  Lifestyle Medicine Focuses On 6 Areas To Improve Health. S/D.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome