Férias: como manter a alimentação saudável?

Texto feito por nós para o site Alimente o Futuro e todas as mães!

0
82

As aulas terminaram, o período de recesso escolar se inicia e com ele, os dilemas em relação a alimentação também chegam. De um lado, o primeiro pensamento entre as crianças é que nas férias as obrigações e regras não precisam ser cumpridas; do outro lado, os pais tentam manter a rotina alimentar com muito esforço, já que toda a rotina das crianças é alterada.

Mas é possível manter a alimentação saudável nas férias? Bom, primeiramente, é importante avaliar o que irá acontecer nessas férias: viagens em família, para a casa de tios/avós/familiares, para destinos novos ou as crianças irão ficar em casa sozinhas? Em qualquer um dos casos, é possível sim manter uma rotina alimentar saudável, independentemente da situação.

Mas como? Confira a seguir algumas dicas!

Prepare algumas opções de lanches para o período de deslocamento: frutas já higienizadas, água e bebidas como sucos para as crianças, lanches salgados.

  • Armazene em recipientes adequados pensando no tempo de deslocamento e nas condições de temperatura adequadas;
  • Chegando no destino, é válido uma ida ao supermercado e feiras para adquirir algumas opções de lanches para ter sempre a mão, opções boas para as crianças;
  • Leia o rótulo dos alimentos (sempre!). Escolha sempre os alimentos com uma melhor composição de ingredientes.
  • Nos restaurantes, explore a comida regional/local de onde estiver, mas não esqueça dos bons hábitos alimentares: saladas, verduras e legumes;
  • Não se esqueça da hidratação, o consumo de água é fundamental em qualquer período;
  • Se as crianças acordam mais tarde, tente manter os horários normais da alimentação;
  • Chame as crianças para participar das preparações, inclua-as nas preparações de lanches e de refeições feitas em família;
  • Se as crianças ficam sozinhas em casa ao longo do dia, deixe refeições e lanches pré-preparados;
  • Evite o fácil acesso das crianças a alimentos ricos em açúcares, gorduras trans e sódio; evite comprar e oferecer às crianças.

Lembre-se de que as férias escolares são muito importante para as crianças descansarem da rotina acadêmica, e isso, não implica necessariamente, em mudar a alimentação. Além disso, toda mudança de rotina leva um tempo para retornar ao normal, portanto, evite mudanças drásticas com relação a alimentação das crianças. O processo de educação nutricional é contínuo e deve sim, incluir as férias dos pequenos! Aproveitem!

 

Conheça o Alimente o Futuro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome